aquelesqueviajam sesimbra ribeiradocavalo13 1080x720 - 18 coisas que não deve fazer nas viagens do próximo ano
Dicas, Experiências, Inspiração

18 coisas que não deve fazer nas viagens do próximo ano

As viagens são sempre um acontecimento importante. Não interessa pra onde, quando e com quem, o que interessa é viajar. Mas, em uma viagem, há sempre algumas coisas, as quais não deve, ou deve fazer? Do 1 ao 18, quais delas vai conseguir evitar?

 

Vai viajar para Braga? Descubra 25 coisas que não deve fazer na cidade!

1 – Nunca acorde cedo. Vai que tenha um incrível nascer do sol a sua espera?

2 – Não saia da dieta. Muito menos se for para comer um Khachapuri na Geórgia ou um Mars frito na Escócia.

3 – Não fale com estranhos. Eles podem dizer coisas que tornariam qualquer uma das suas viagens mais interessante.

4 – Nunca durma na casa de estranhos. Não corra o risco de se sentir confortavelmente em casa, numa casa que não lhe pertence. Tem gente que é hospitaleiro demais! Essa gente, hem!

5 – Não vá se perder. Já pensou, andar por caminhos interessantes que nunca pensou em conhecer?

6 – Não ande de bicicleta por ruas desconhecidas. Muito menos se for em Amsterdam ou em Copenhague onde há ciclovias para dar e vender.

7 – Não escute as músicas locais. Já pensou ficar com uma letra de Fado fixa na mente?

8 – Não invente de experimentar as bebidas típicas. Seu paladar pode estranhar ou então viciar. Meu Deus! Que perigo!

9 – Nunca faça Workway. Onde já se viu trabalhar de graça por hospedagem, alimentação e experiência cultural?

10 – Não tente fazer os artesanatos locais. Já pensou se descobre que tem jeito pra coisa? Larga tudo e decide viver a vida vendendo artesanato em praias paradisíacas?

11 – Nunca viagem a pé. Uma viagem dessas, além de demorada pode o levar por caminhos selvagens e com vistas de arrancar o fôlego.

12 – Nunca vá para aldeias históricas ou vilarejos pequenos. Imagina o tédio que deve ser passar mais de um dia num lugar isolado, tranquilo e de beleza natural inexplicável, como a aldeia de Foz de Égua, por exemplo. Imaginou?

13 – Não gaste dinheiro com souvenir. Onde já se viu gastar dinheiro com bens materiais!

14 – Não pratique esportes radicais. Sentir adrenalina ao descer numa tirolesa ou saltar de paraquedas pode ser excitante demais para o seu coração.

15 – Não fique até tarde na rua. Quando anoitece, as luzes se acendem e deixam a cidade com outra atmosfera. Corre o risco de gostar mais dela iluminada artificialmente do que ensolarada.

16 – Não se envolva em manifestações culturais. Jogos de futebol, festivais, festas populares… tudo isso é propicio para envolver-se com a população local em massa e sentir-se como um deles.

17 – Nem invente de ir para lugares onde quase ninguém vai. Vai que descobre que determinado lugar é bom, mas tão bom que causa arrependimento de nunca ter sido visitado antes?

18 – Nunca duvide de comentários negativos sobre determinadas experiências de viagens. Se foi negativo para um, a probabilidade de ser positivo para o outro é…. é…. é motivo suficiente para tentar descobrir.

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

5 Comentários

  • Resposta Luciana Freitas 6 de março de 2018 at 21:33

    Adorei a ideia do post. Tantas coisas que não consigo evitar de fazer… “Não vá se perder”, sou eu em pessoa! Sou dona de me perder, fazer uma curva errada no mapa e acabar dando de cara com algo inesperado e que, muitas vezes, fazem toda a diferença no passeio.

  • Resposta Katarina 7 de março de 2018 at 15:01

    Hahahaha, muito legal! Essas experiências de viagem que tornam tudo melhor, né? E mesmo quando planejamos tudo, é bom ter liberdade pra uns improvisos e se deixar levar pelo lugar e suas possibilidades. 🙂

  • Resposta Josiane Bravo 7 de março de 2018 at 20:16

    haha, difícil evitar não dormir na casa de estranhos, sempre faço couchsurfing 🙂 e sair da dieta e não andar a pé vai ser quase que impossível para mim.
    Abraços

  • Resposta Viviane Carneiro 8 de março de 2018 at 13:50

    Amei esse post e essa lista do que não fazer. hahaha A gente tem que passar a se permitir mais em viagens e assim criar memórias inesquecíveis.

  • Resposta angela sant anna 12 de março de 2018 at 09:56

    eu comecei a gastar dinheiro com souvenir esse ano pois compro coisinhas pra minha mãe (q ama aqueles dedais pintados) e pra minha irmã que começou a coleção de imãs ahueaheu

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Spam prevention powered by Akismet

    Pular para a barra de ferramentas

    Adaptado por aquelesqueviajam.com