ponte-de-lima
Europa, Ponte de Lima, Portugal, Visitar

Aqueles que viajam para Ponte de Lima

Charmosa e pitoresca, Ponte de Lima é a nona vila mais antiga de Portugal. Sua história começou com Dona Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal que em 1125, outorgou carta de foral à vila, nomeando-a como Terra de Ponte. O nome da vila, tal como conhecemos hoje foi atribuído por D. Pedro I, que no século XIV, por conta da posição geoestratégica de Ponte de Lima, ordenou a construção de uma muralha dando assim, um novo impulso a história da vila.

rio-limaDe lá para cá muitas coisas mudaram. A partir do século XVIII inicia a destruição da muralha que abraçava a vila, expandido sua dimensão urbana. Ainda no mesmo século surgiram as primeiras casas senhoriais, algumas até construídas com as pedras da muralha, os prédios de fachada gótica, maneirista, barroco, neoclássico e oitocentista, aumentando significativamente o valor histórico, cultural e arquitetônico de Ponte de Lima.

Como chegar em Ponte de Lima?

caminho-de-santiago-de-bragaA forma mais genuína de chegar em Ponte de Lima é através do Caminho de Santiago, tanto para quem vem de Barcelos (34 km) ou de Braga (40 km) a pé ou de bicicleta. Já a forma mais rápida e prática é através de carro pela A3 ou de ônibus por uma das várias viações que circulam pelo Minho.

O que ver e fazer em Ponte de Lima?

1 – Ponte Romana e Ponte Medieval

ponte-medievalA ponte que, juntamente com o rio que banha a vila, deu nome à Ponte de Lima é na verdade duas e não uma ponte. Formada por dois troços, um medieval, de maior dimensão, que tem início na margem esquerda e se estende até à Igreja de Santo António da Torre Velha e um romano que está em leito seco, após a igreja.

Numa primeira vista, os mais desatentos nem percebem, mas basta alguns segundos de concentração para identificar a diferença da medida dos arcos do troço medieval para o romano.

2 – Soldados

lenda-rio-lethesHavia a crença de que o rio Lima fosse o rio Lethes, conhecido como o Rio do Esquecimento, o qual tinha o poder de apagar a memória de quem o atravessasse. A fim de provar que aquele não era o rio Lethes, Décimo Júnio Bruto, um soldado romano muito corajoso o atravessou e quando chegou ao outro lado da margem, chamou todos os seus soldados pelo nome, dando fim a crença.

3 – Parque temático do Arnado

parque-tematico-arnadoNo meio da sua efervescência e burburinho próprios de Ponte de Lima, há o Parque Temático do Arnado, um verdadeiro oásis, cheio de jardins temáticos e de diferentes épocas para estar em contato com a natureza da forma mais prazerosa possível.

4 – Torre da Cadeia Velha e Torre S. Paulo

A Torre da Cadeia Velha e a Torre de S. Paulo (que também já foi Torre da Expectação e de Torre do Postigo) são os exemplos mais evidentes do que resta da antiga muralha de Ponte de Lima. A muralha tinha nove torres e seis portas, sendo uma delas a “Porta Nova”.

A Torre da Cadeia Velha, adaptada a prisão masculina no século XVI, deu lugar a Loja de Turismo. Já a Torre de São Paulo, ainda não deu lugar a nenhum órgão e nem atração turística, mas nem por isso deixa de ser atrativa, pois na sua fachada voltada para o rio, há dois marcos da história de Ponte de Lima: um painel de azulejos, representando o episódio da lenda de D. Afonso Henriques na Cabração (Cabras São Senhor) e as marcas das cheias do rio.

5 – Avenida dos Plátanos

A Avenida dos Plátanos, com plátanos centenários, plantados em 1901 é a avenida mais arborizada da vila. Junto ao rio Lima, a avenida ganhou o coração dos limianos por ter a forma de um túnel verde em sua extensão.

6 – Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde

Não há vinho que seja comparado com o Vinho Verde. Ele é único! Sua frescura, leveza, aroma e as notas frutadas e florais são as características que o definem e o diferenciam dos demais vinhos produzidos no país e no mundo.

Exclusivamente produzido na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, no noroeste de Portugal, o Vinho Verde é produzido a partir das castas autóctones da região, preservando a sua tipicidade de aromas e sabores.

A antiga Casa Torreada dos Barbosa Aranha, bem Centro Histórico de Ponte de Lima, deu lugar ao Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde, um espaço verdadeiramente envolvente para os apreciadores de Vinho Verde e até mesmo para aqueles que ainda o desconhecem.

O centro, como o próprio nome indica, tem caráter mais interpretativo e promocional, mas tem também dinâmicas para apoiar rotas e itinerários turísticos associados ao vinho e á vinha e vários Vinhos Verdes para serem provados. Aproveite!

Onde: Casa Torreada dos Barbosa Aranha
Quando: ter a dom das 10:00h às 12:30h e das 14:00h às 18:00h
Quanto: 3€ com direito a prova de um Vinho Verde
Contato: +351 258 900 426

7 – Ecovias

Quem diria que Ponte de Lima, uma pequena vila pudesse esconder tantas Ecovias. São mais de 10, com vários níveis de dificuldade e com estradas rurais que levam a outros destinos onde é possível pedalar ainda mais, como as Lagoas de Bertiandos, Viana do Castelo, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez

8 – Quinta de Pentieiros

quinta-de-pentieirosA cerca de 4 km do centro da vila, há uma quinta pedagógica que foi recuperada para apoiar a Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d’Arcos, essencialmente no que diz respeito ao desenvolvimento de atividades lúdicas e de lazer associadas ao espaço rural.

A Quinta de Pentieiros é um mundo a parte de Ponte de Lima. É onde os menos familiarizado, especialmente os mais jovens, envolvem-se diretamente com as vivências diárias de uma exploração agrícola minhota. Aqui há de tudo: horta, viveiros, estufa, pomares, campo de aromáticas e medicinais, parque florestal e de campismo, bungalows, piscina, lagos… Ah! Um mundo de onde ninguém quer sair.

Onde: São Pedro de Arcos 4990-530
Contato: +351 258 240 202

9 – Arvorismo

O dia que me senti nas olimpíadas do Faustão 😎 #aquelesqueviajam #centroaventura #arvorismo #pontedelima #visitepontedelima #presstripminho

Uma publicação compartilhada por Aqueles que Viajam (@aquelesqueviajam) em

O arvorismo é um esporte extremamente focado na interação com a natureza. Seu principal objetivo consiste em envolver-se com o verde à medida que ultrapassa os obstáculos instalados nas copas das árvores, utilizando os conceitos básicos de escalada, rapel e highline.

O estímulo ao equilíbrio e à coordenação é aliado à adrenalina – e que adrenalina! Embora os equipamentos de proteção individual, exigidos por norma, impeçam qualquer risco de quedas e de acidentes. Sem sombra de dúvidas, o arvorismo é esporte para qualquer um, inclusive para aqueles que necessitam superar o medo de altura.

Onde: Quinta de Pentieiros
Quando: todos os dias
Quanto: 10€ (percurso grande) e 6€ (percurso pequeno)
Com quem: Centro Aventura
Contato: +351 919 977 056

10 – Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d’Arcos

As Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d’Arcos são uma mini floresta cheia de lagoas, situada no quintal de Ponte de Lima. Aqui há várias trilhas, longas e curtas para serem feitas a pé ou de bicicleta, em perfeita harmonia com a natureza.

Onde: Centro de Interpretação Ambiental / 4990 – 530
Quando: todos os dias
Contato: +351 258 733 553

11 – Taste Minho Tour

enchidosQualquer motivo é um bom motivo para estar à volta de uma mesa, ainda mais quando a mesa é nos restaurantes do Minho, onde comer e beber bem equivalem a hospitalidade. Em ritmo de passeio, com a Taste Minho Tour vai ver, ouvir, cheirar e provar o que de melhor tem em Ponte de Lima com direito a queijos e enchidos, Arroz de Sarrabulho, Vinho Verde e outras delicias típicas da vila. Hum!!!

tate-minhoQuando: ter a sab às 15:00h (de nov a mar) e 16:00h (de abri a out)
Quanto: 49€
Com quem: Taste Minho Tour
Contato: + 351 93 513 99 31

aquelesqueviajam_coraçao

A press trip para Ponte de Lima foi realizada em parceria com a Câmara Municipal de Ponte de LimaVisite Ponte de Lima, Taste Minho Tour e Old Village.

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

3 Comentários

  • Resposta Aqueles que viajam para Arcos de Valdevez 2 de junho de 2017 at 10:18

    […] Aqueles que viajam para Ponte de Lima […]

  • Resposta Aqueles que viajam para Ponte da Barca 2 de junho de 2017 at 13:55

    […] Aqueles que viajam para Ponte de Lima […]

  • Resposta Old Village Hotel: o único hostel em Ponte de Lima 2 de junho de 2017 at 17:25

    […] Aqueles que viajam para Ponte de Lima […]

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Spam prevention powered by Akismet

    Pular para a barra de ferramentas

    Adaptado por aquelesqueviajam.com