potsdam
Alemanha, Berlim, Europa, Visitar

Aqueles que viajam para Potsdam

Visite Potsdam!

Como chegar em Potsdam?

Para ir à Potsdam a partir de Berlim, não há mistérios. São 45 minutos de trem (S-Bahan) a partir da estação Alexanderplatz ou 40 minutos a partir de Berlin Hauptbahnhof (Estação Central). Os trens costumam passar de 10 em 10 minutos!

O ticket Taheskarte, válido para as zonas ABC (7€), dão direito a viagens ilimitadas em transporte público por 24 horas, tanto em Berlim como em Potsdam. O mesmo e aplica ao Berlim Welcome Card.

O que visitar em Potsdam?

1 – Schlosspark Sanssouci

Quem disse que vida de Rei não é fácil, certamente nunca imaginou a de Frederico, o Grande no Parque Sanssouci. Sans souci, em francês significa “sem preocupação” e não haveria nome melhor para batizar o parque onde o rei construiu três palácios de verão e lindos jardins.

O palácio de estilo rococó que leva o mesmo nome do Parque, construído entre 1745 e 1747 é modesto e relativamente pequeno, comparado aos demais da Europa. Mas por outro lado, os poucos cômodos – apenas 10 são ricamente decorados com pinturas, esculturas, baixos relevos e decoração incrustadas nas paredes e tetos.

Quanto: 12€ (visita guiada com áudio guia)

2 – Neues Palais

O Neues Palais é um dos palácios mais imponentes da Alemanha e a obra mais majestosa do Parque Sanssouci. Construído entre 1763 e 1769, para comemorar o sucesso da Prússia na Guerra dos Sete Anos, o palácio possui 220 quartos luxuosos, decorados com mármore e pedras, distribuídos em dois pisos.

Por incrível que pareça, o Neues Palais nunca foi a residência oficial do Rei. Ele era usado exclusivamente para receber membros da realeza e personalidades importantes. Que desperdício, neh?

3 – Chinesisches Haus

Além dos palácios, muitos edifícios foram construídos pelo Parque Sanssouci. A Chinesisches Haus foi um deles! De casa chinesa exótica para enfeitar o jardim e a horta do parque a uma casa para pequenos eventos sociais, a Chinesisches Haus foi um dos mais belos edifícios chineses do século XVIII construídos fora da China.

4 – Palácio Cecilienhof

Potsdam ficou conhecida mundialmente por conta da Conferência de Potsdam que aconteceu entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945. Nesta conferência, aliados da Segunda Guerra Mundial decidiam como administrar a Alemanha após a derrota.

A conferência foi realizada no Palácio Cecilienhof, um palácio de estilo inglês diferente dos tradicionais da Alemanha. Construído com materiais tradicionais, como tijolo e madeira, entre 1914 e 1917, o palácio de 146 quartos e lindos jardins era a residência de verão da família Hohenzollern.

Horário: ter a dom das 10:00h às 17:00h (nov a mar)
Quanto: 6€

5 – Glienicker Brücke

De um lado da Glienicker Brücke Berlim do outro Potsdam. Depois da construção do Muro de Berlim, a ponte era um dos poucos locais onde se podia cruzar a fronteira entre Potsdam (no lado alemão oriental) e Berlim ocidental.

Para os EUA e a União Soviética, Glienicker Brücke era um palco político. Quatro foram as trocas de espiões capturados por cada um dos lados, sendo a última em fevereiro de 1986.

6 – Igreja de São Nicolau

A imponência atribuída a arquitetura da Igreja de São Nicolau de Potsdam veio das mãos do arquiteto Karl Friedrich Schinkel.
De barroco a neoclássico, Karl inspirou-se nas igrejas de São Pedro, em Roma, São Paulo, em Londres e na Catedral de Florença para reconstruir a igreja que ficou completamente danificada após um incêndio.

Horário: das 09:00h às 19:00h (verão) | 10:00h às 17:00h (inverno)

7 – Colônia russa Alexandrowka

Há um pedacinho da Rússia no meio de Potsdam. No início do século XIX, o Rei Frederick William III ordenou a construção de uma colônia russa para homenagear os bons laços entre as dinastias russos e prussianos e o seu grande amigo Alexandre I. Daí o nome Alexandrowka!

Alexandrowka é formada por 13 tradicionais casas russas de madeira, rodeadas por pequenos jardins, que foram mantidas por mais de 100 anos pelos soldados russos e seus descendentes. Além de casas, há uma pequena capela russa ortodoxa que impressiona até mesmo quem ande desatento pelo parque!

Onde: Russische Kolonie 2
Horário: das 10:00h às 18:00h

8 – Bairro holandês

O Bairro Holandês em Potsdam é o único bairro fora da Holanda construído em estilo holandês. São 134 casas de tijolos vermelhos e janelas de madeira com caixilhos brancos construídos pelo arquiteto holandês Johann Boumann – o mesmo que terminou o Sans Souci, entre 1732 e 1742, período em que Frederico Guilherme I, pai de Frederico, o Grande esteve no poder.

O Bairro Holandês foi construído com a perfeição alemã com o objetivo de estimular a vinda de operários holandeses, que naquela época estavam entre os melhores da Europa.

A antiga casa de Johann, bem no centro do bairro, ainda transmite a essência da vida no século XVIII. Transformada em museu pela Associação Cultural Holandesa, pelos cômodos há exposições sobre a história do local, móveis e utensílios domésticos desde a construção da primeira à última casa, como uma grande lareira, um tear e um fogão a lenha.

Onde: Mittelstraße

9 – Nauener Tor

Construído em 1755, o Nauener Tor foi um dos três portões de entrada de Potsdam e o primeiro modelo de arquitetura neo-gótica inglesa da Europa.

10 – Portão de Brandemburgo

O portão de Brandemburgo celebra a vitória da Prússia na Guerra dos Sete Anos. Por ser menor, aparentemente, o Portão de Brandemburgo de Potsdam parece o irmão caçula do de Berlim. Mas na verdade, é ao contrário, pois foi construído em 1711 (80 anos antes) pelo arquiteto do Reino da Prússia, Carl von Gontard a pedido de Frederico II, o Grande.
Alguns dizem que a arquitetura barroca do Portão teria sido inspirada no Arco do Triunfo romano, será?

11 – Igreja de São Pedro e São Paulo

Pela Avenida de Brandeburgo, entre lojas, cafés e restaurantes, dois são os elementos que disputam a atenção dos olhos: o portão e a Igreja de São Pedro e São Paulo.
Infelizmente, quase não há registros históricos desta igreja, nos resta apenas admirá-la!

12 – Studio Babelsberg

Studio Babelsberg é nada mais e nada menos do que o maior e mais antigo parque cinematográfico da Europa. Lá foram produzidos mais de três mil filmes para cinema e televisão. Não é à toa que Potsdam é conhecida como Hollywood alemã!

Quando: mar a out

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

Seja o primeiro a comentar!

Sou curiosa! Deixe um comentário:

Spam prevention powered by Akismet

Pular para a barra de ferramentas

Adaptado por aquelesqueviajam.com