10 curiosidades sobre a Duomos da Escola Velha da Sé 1
Europa, Braga, Portugal, Visitar

10 curiosidades sobre a Duomos da Escola Velha da Sé

É uma casa muito curiosa. Não tenha dúvida disso! O Duomos da Escola Velha da Sé é um museu que abriga as ruínas de uma casa romana com mais de 2000 anos de história e também a de uma muralha medieval. Todas as pedras ali presente reúnem um conjunto de curiosidades que é inevitável não descobrirmos. De um a 10… por onde vamos começar?

aquelesqueviajam_braga_domusdaescolhavelhadase5

1 – Ao contrário da Fonte do Ídolo que desde o século I sempre esteve ao ar livre, as ruínas romanas presentes no Duomos Escola Velha da Sé foram encontradas de baixo da terra.

2 – As escavações no Duomos da Escola Velha da Sé foi um projeto promovido pela Câmera Municipal de Braga com o objetivo de reformular o programa arquitetônico do interior do edifício da Antiga Escola da Sé e que hoje é a União de Freguesia da Sé.

3 – As escavações arqueológicas foram realizadas pelo gabinete de Arqueologia do Município de Braga entre 1998 e 2003.

4 – Presume-se que em volta da casa teria uma zona porticada para dar a impressão de que a dimensão da casa era ainda maior.

5 – Alunos da Escola Profissional de Mazagão criaram réplicas de móveis do período romano e emprestam para expor no Duomos da Escola Velha da Sé para facilitar a imersão dos visitantes no ambiente da época.

6 – Além de visualizar partes de uma casa romana de 2000 anos atrás é possível visualizar também a alicerce da muralha medieval de 3 metros de altura.

7 – Estima-se que a casa romana foi ocupada de meados do século I até o século V e que depois de ser abandonada, muitas de suas pedras foram utilizadas para novas construções.

8 – Muitas casas na cidade de Braga foram construídas junto à muralha para evitar a construção de uma parede.

9 – O Duomos Escola Velha da Sé abriga um monumento marcado por vários períodos. No século I foi uma casa de alguém muito rico, nos tempos medievais construiu-se uma muralha, no contemporâneo uma escola e atualmente a Justa da Freguesia. Será que as construções estabilizaram-se? Acho que não, hem!

10 – Se jantar no Restaurante Brac poderá realizar uma visita guiada no Duomos Escola Velha da Sé. Aqui poderá vivenciar a atmosfera de Bracara Augusta e ao mesmo tempo um ambiente cosmopolita. e urbano

aquelesqueviajam_coracao

A visita no Duomo Escola Velha da Sé é uma parceria realizada com o Turismo de Braga para promover Braga Romana. Experimente esse roteiro que tem uma missão em particular: inspirar a conhecer Braga!

 

Endereço: Rua D. Afonso Henriques, nº1 / Portugal

Horário: É necessário agendar a visita com o Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Braga

Contatos: + 351 253 203 150 (Extensão 1119) | arqueologia@cm-braga.pt

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

13 Comentários

  • Resposta Luciana de Campos Assis 3 de setembro de 2016 at 13:40

    Braga suas belezas e histórias. Adoro passear pela cidade através do seu olhar Na, esse post além de mostrar a Duomos através do seu olhar encantou pela história. Achei de arrepiar pensar que algumas peças ali a sua frente têm 2 mil anos de vida!!

  • Resposta Alessandra Fratus 3 de setembro de 2016 at 13:57

    Incrível! Emocionante poder ver e viver tanta História, né?! Com tanta coisa legal pra fazer em Portugal, o destino já está subindo pro topo da minha wishlist. Blog lindo demais! :)!

  • Resposta Débora Resende 3 de setembro de 2016 at 13:59

    Quero muito conhecer esse lugar! A cada post que leio fico com mais vontade, rs. Deve ser muito legal visitar um local que já passou por tantas fases e tem tantas histórias!

  • Resposta Eloah Cristina 3 de setembro de 2016 at 14:41

    Adoro lugar assim, cheio de histórias e curiosidades.

  • Resposta Nanda Castelo Branco | vontadedeviajar.com 3 de setembro de 2016 at 19:07

    Portugal é um país cheio de surpresas e muuuuita história! Cheguei no blog para ler 1 artigo sobre Braga e já li mais de 10… Saudades dessa terra boa!

  • Resposta angie 4 de setembro de 2016 at 02:24

    eita voltei aqui e continua as lindezas de ruínas <3 esse passeio é grátis ou tem alguma taxa?

  • Resposta Dayana 4 de setembro de 2016 at 12:48

    Curti bastante o passeio. Acho que marcaria o jantar só pela visita. haha
    A história sempre tem algo para nos impressionar e ensinar! 🙂
    Beijo!

    • Resposta Naiara Back 5 de setembro de 2016 at 17:07

      Dayana! Marcaria o jantar pela vista e ainda agendaria o próximo só para experimentar mais as delícias do menu do Brac 🙂

  • Resposta Mariana Araujo 4 de setembro de 2016 at 13:43

    Ai, Nai! Toda vez que leio um texto teu sobre Braga Romana vejo que ainda tenho muito que conhecer dessa cidade. Nem parece que morei aí! Fiquei com muita vontade de conhecer a Duomo e comer no Brac.

    • Resposta Naiara Back 5 de setembro de 2016 at 17:06

      Mari! A cidade está sempre de portas abertas, é só chegar 🙂

  • Resposta Liza Roriz 4 de setembro de 2016 at 15:04

    Que saudade de Braga! Adorei o post, não conhecia nenhuma dessas curiosidades, rs! Um beijo e parabéns!

  • Resposta Giulia Sampogna 6 de setembro de 2016 at 11:03

    Nunca havia escutar falar de Braga e me interessei muito. Um lugar que tenha mais de 2000 anos de história deve ser visitado. E que loucura que eles construíram as casas juntos com a muralha para economizar parede, imagina se fossem atacados?! Adorei o post.

  • Resposta luisa 7 de setembro de 2016 at 14:16

    Agora tem móveis! Que massa! Vou ter que ir de novo! Gostei muito deste post, muito informativo! Parabéns!

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Adaptado por aquelesqueviajam.com