20 motivos para amar Foz do Iguaçu 1
Brasil, América do Sul, Foz do Iguaçu

20 motivos para amar Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu não é um destino qualquer. Situada na tríplice fronteira do Brasil com a Argentina e o Paraguai, no centro geográfico do Mercosul, a cidade reúne duas maravilhas: uma da natureza e outra da engenharia moderna. Estes são apenas dois dos vários motivos para amar Foz do Iguaçu. Mas quais são os outros?

aquelesqueviajam_viagem1 – As Cataratas do Iguaçu. Óbvio!

2 – O arco-íris prateado que se forma do encontro da luz lunar com os respingos das quedas d’água das Cataratas do Iguaçu em noites de lua cheia.

3 – Uma vez por ano, o Parque Nacional do Iguaçu é pista de corrida de milhares de maratonistas que participam da Meia Maratona das Cataratas, considerada uma das provas mais bonitas do Brasil. Uma experiência única para correr em contato com a natureza, num lugar que é Patrimônio Natural da Humanidade e uma das Sete Maravilhas da Natureza.

4 – Foz do Iguaçu é repleta de árvores. Um verdadeiro oásis para quem gosta de estar sempre em contato com a natureza.

5 – A rua Pedro Basso, eleita pelo Mundi Blog uma das mais belas do Brasil.

6 – O florescer da árvore Ipê-Roxo, espécie nativa da flora brasileira e um dos símbolos de Foz do Iguaçu desde 1994.

7 – O Recanto dos Cactos, um jardim com mais de 1.600 espécies de cactos criado carinhosamente por Dona Marlene.

8 – O rio Iguaçu, que nasce da junção do rio Atuba com o rio Iraí é o maior do Paraná e um dos mais importantes do sul do Brasil. Apelidado de pai das cataratas, o rio do Iguaçu possui uma distinta beleza na natureza!

9 – A maior usina hidrelétrica em geração de energia do mundo é de Foz do Iguaçu! Considerada uma das maravilhas da engenheira moderna, a Usina de Itaipu é a primeira hidrelétrica do mundo a gerar 100 milhões de megawatts-hora (MWh) em menos de um ano.

10 – As mais de 50 espécies e dos mais de 960 gêneros de plantas abrigados no Refúgio Biológico Bela Vista, uma das sete unidades de preservação permanente da Itaipu Binacional.

11 – O pôr do sol no lago de Itaipu, visto num passeio de Porto Kattamaram.

12 – O pôr do sol no Marco das Três Fronteiras com vista para o encontro das águas dos rios Iguaçu e Paraná.

13 – O obelisco, pintado com as cores nacionais, construído pelo Brasil em 1.903 no Marco das Três fronteiras foi erguido para celebrar a paz entre os povos e estabelecer a soberania e o limite territorial do Brasil com a Argentina e o Paraguai. É um dos principais símbolos da região de Foz do Iguaçu!

14 – A forte presença religiosa do budismo! O Templo Budista, o maior da América Latina, tem um enorme jardim com imponentes estátuas douradas, todas viradas para o pôr do sol.

15 – A mesquita Omar Ibn Al-Khattab, considerada um dos maiores tempos muçulmanos da América Latina e seus quadros com versículos do Alcorão são um dos mais importantes traços da presença árabe no Brasil. Foz do Iguaçu é a segunda maior comunidade árabe brasileira!

16 – O Parque das Aves é um verdadeiro santuário da vida silvestre!  Mais de 1.300 aves e animais de 150 espécies diferentes formam o maior parque de aves da América Latina e maior viveiro de araras da América do Sul.

17 – As feirinhas da Avenida JK que acontecem todas as manhãs de domingo. São 40 pontos de venda, que vão de artesanatos à produtos rurais, como queijos, carnes e verduras, além de um espaço de alimentação com os tradicionais pastéis e cafés de feira.

18 – Cercada de águas por quase todos os lados, Foz do Iguaçu não poderia ter um prato típico que não fosse o peixe. Preparado com filé de dourado ou surubim, espécies muito cobiçadas do rio do Paraná, Pirá de Foz é servido com mandioca e outros alimentos ligado às raízes indígenas da fronteira.

19 – A viagem cultural por oito países da América latina através de um show latino no Rafain Churrascaria Show.

20 – Privilegiado geograficamente, Foz do Iguaçu faz fronteira com dois países, sendo possível visitar o Paraguai e a Argentina no mesmo dia!

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

Seja o primeiro a comentar!

Sou curiosa! Deixe um comentário:

Adaptado por aquelesqueviajam.com