Como é o cortejo da Queima das Fitas de Coimbra 1
Atrações Imperdíveis, Coimbra, Europa, Festas, Portugal

Como é o cortejo da Queima das Fitas de Coimbra

Enquanto no Brasil, a semana acadêmica é um evento universitário em que ocorrem palestras e workshops para os estudantes, em Portugal é uma festa estudantil recheada de tradições culturais. Cada universidade portuguesa possui um nome específico para nomear a semana acadêmica, sendo o mais comum “Queima das Fitas”.

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas2

A tradição da Queima das Fitas iniciou na Universidade de Coimbra, quando no final do século XIX, os estudantes da Faculdade de Direito começaram a celebrar o fim do ano acadêmico queimando as fitas, as quais eles traziam habitualmente atadas nos livros e cadernos. O motivo de queimar as fitas se deu pelo fato de que no ano seguinte já não as usariam para amarrar os materiais de estudo. Fazia parte da tradição ainda, enterrar as cinzas das fitas junto à Porta Férrea, mas pelo chão ter sido asfaltado essa tradição deixou de existir.

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas17

 

A Queima das Fitas de Coimbra é a mais antiga e uma das maiores de Portugal. Ela acontece durante o mês de maio e tem início com a tradicional serenata na Sé Velha. Há outras atividades culturais no decorrer da semana como os concertos musicais no Queimódromo e o cortejo dos estudantes com cerca de 100 carros alegóricos que saem da universidade e seguem o percurso entre o largo Dom Dinis e a Portagem.

Os carros alegóricos são decorados com papel crepom e neles há mensagens de protesto como a crise e os problemas sociais do país, o preço elevado das propinas da universidade e a incerteza sobre o futuro profissional.

 

É difícil escolher qual é o curso que possui o carro alegórico mais bonito. Cada um mais apelativo que o outro é possível identificar várias mensagens dramáticas e figuras populares na decoração dos carros alegóricos, como por exemplo o Serviço Nacional de Saúde, a emigração portuguesa, D. Quixote à procura de offshores, etc…

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas16

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas3

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas12

O cortejo apresenta um cenário muito semelhante ao de um Carnaval no Brasil, mas que assusta aqueles que são mais conversadores e que não estão habituados a tradição da Queima das Fitas. O cenário é composto pelos carros alegóricos que transportam os estudantes do segundo ano que lançam para a multidão bebidas alcoólicas de todos os tipos. A entrega das bebidas é nos mais variados tipos: em latas, copos, direto das garrafas e até de mangueira. Há também a distribuição de comida: bolinho de bacalhau, pão, sanduíche, croissant… é um verdadeiro festival de comes & bebes. Mas com muito, muito mais bebida do que comida!

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas7

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas6

Atrás dos carros alegóricos vão os cartolados trajados a rigor levando bengaladas, cantando o hino de cada curso e festejando intensivamente a “última festa” antes de terem a preocupação de entrar no mercado de trabalho.

 

O cortejo é recheado de tradições culturais que têm o objetivo de dar boa sorte na vida profissional dos cartolados. As três bengaladas na cartola são acompanhas de três beijinhos, um abraço e um chute “carinhoso” na bunda; ninguém pode encerrar o cortejo sem despejar cerveja na cabeça de alguém; e também sujar o rosto com tinta de papel crepom; mergulhar no Rio Mondego e destruir o que restou do carro alegórico.

 

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas5

aquelesqueviajam_coimbra_cortejoqueimadasfitas14

 

Comemorada tanto pelos estudantes como pelos pais e familiares dos estudantes, o cortejo da Queima das Fitas de Coimbra é uma festa de grande impacto nas tradições estudantis de Portugal e que, acima de tudo representa a saudade e o fim de uma vida acadêmica.

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

1 Comentário

  • Resposta José Luis 5 de maio de 2019 at 22:24

    Muchas gracias por la info.

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Adaptado por aquelesqueviajam.com