Onde ficar no Porto
Europa, Hospedagem, Porto, Portugal

Onde ficar no Porto: melhores bairros, hotéis e dicas práticas

Passagens compradas para viajar pro Porto? Ótimo! Agora é a hora de escolher onde ficar no Porto e para isso há algumas dicas que são simples de entender e fáceis de praticar. Vamos a isso?

💬
Vai gostar de ler também:
Taste Porto – apaixone-se pela gastronomia local
 Passear e azulejar – história, tradição e workshop

 

Onde ficar no Porto: 7 sugestões para escolher

1 – Baixa: o Centro Histórico do Porto

Se hospedar pela baixa do Porto é sentir que está em outros tempos. A arquitetura é antiga, a faixada de alguns prédios ainda preservam o azulejo e as varadas são enfeitadas com flores. Um charme e tanto!

A baixa, classificada pela UNESCO como Patrimônico Histórico da Humanidade, é um bairro bastante movimentado e muito bem servido de transportes públicos, cafés, restaurantes, bares e como é de se imaginar: monumentos turísticos! A Estação São Bento (inclusive o The Passenger Hostel fica dentro da estação), a famosa Livraria Lello, a Torre dos Clérigos, as Galerias de Paris e outros mais… estão todos na baixa.

Como o bairro preserva a arquitetura antiga, muitos prédios foram recentemente restaurados e transformados em hospedagens, como o Porto A.S. 1829 Hotel que em outros tempos foi uma papelaria, o Village Hotel & Spa que fica num edifício histórico do século XVIII, o Pestana Porto – A Brasileira que restaurou a icônica cafetaria A Brasileira, a primeira a servir café em xícara no início do século XX e reconhecida como “o melhor café é o d´A Brasileira” e o invulgar PortoBay Hotel Teatro que foi construído onde esteve o antigo Teatro Baquet que deixou de funcionar em 1888, após um incêndio. Há também, hospedagens com uma proposta diferente, como Selina Hostel que além de oferecer quartos para dormir, oferece um lugar para se conectar com o outro.

🔎 Veja mais de 1900 hospedagens na Baixa e faça a reserva agora mesmo!

 

2 – Cedofeita: o bairro mais descolado e artsy do Porto

A Cedofeita, de bairro pacato, após um projeto de revitalização, ganhou uma nova vida. Ruas e ruelas com ótimas opções de hospedagem e não só, aqui há várias galerias de arte, lojas antigas e modernas, joalheiras de autor e marcas locais, garrafeiras, cafés e restaurantes.

Além de ser um bairro descolado e artsy da cidade, é na Cedofeita que estão duas igrejas que deve visitar. Uma delas é a Igreja da Lapa – onde está o coração de Dom Pedro I (Dom. Pedro IV em Portugal) e a outra é a Igreja de São Martinho da Cedofeita – simplesmente, a mais antiga da cidade. Há: o Jardim do Palácio de Cristal também fica nas proximidades da Cedofeita. Basta seguir pela Rua Miguel Bombarda!

🔎  Veja mais de 450 hospedagens em Cedofeita e faça a reserva agora mesmo!

 

3 – Boavista: o bairro mais moderno do Porto

Avenida da Boavista é a avenida que liga a rotunda central da cidade do Porto à praia de Matosinhos. Ao longo desta avenida, há uma grande concentração de lojas de grife, restaurantes vanguardistas, centros de conferência e os primeiros hotéis de cinco estrelas que se instalaram da cidade, como o Crowne Plaza, Porto Palace Congress Hotel e Spa e Sheraton Porto Hotel e Spa. Mas calma: também há hospedagens mais modestas no preço e muito aconchegantes como a Koolhouse Porto – uma casa histórica com um jardim lindíssimo, o Hotel da Música e o So Cool Hostel Porto.

Neste bairro moderno estão alguns monumentos turísticos do mesmo gênero, como a Casa da Música – uma das mais belas casas de shows da Europa e o Mercado do Bom Sucesso – onde pode provar diversos pratos da gastronomia portuguesa num estilo gourmet e bem descontraído, com música ao vivo, exposições e – se der sorte – eventos!

🔎 Veja mais de 230 hospedagens na Boavista e faça a reserva agora mesmo!

 

4 – Campanha: locais, turistas e a Estação de Trem

Campanhã é um bairro longe do movimento turístico mas, pretíssima da Estação de Trem Campanhã que liga a cidade do Porto há outras, inclusive as espanholas. Apesar de ser um bairro onde há mais locais do que turistas, há bastante o que visitar pelo bairro afora, como o Parque de Sintra, o Museu Militar e o Parque de São Roque – do lado da Casa Guedes, onde tem de provar o sanduíche de pernil com queijo da Serra da Estrela.

Já o Estádio do Dragão e o Museu do Futebol Clube do Porto estão apenas há uma estação de metro de Campanhã!

Por ser um bairro onde o turismo ainda não chegou, pelo menos com tanta força, os preços de hospedagem acabam sendo mais simpáticos.

🔎 Veja mais de 80 hospedagens em Campanhã e faça a reserva agora mesmo!

 

5 – Ribeira: o bairro mais pitoresco do Porto

Classificada como Patrimônio Mundial da Unesco, a Ribeira é um bairro pitoresco à beira rio, com pequenas casas em tons coloridos. Não é à toa que é um dos cartões postais da cidade do Porto.

Apesar de estar junto ao Rio Douro e próxima de Vila Nova de Gaia, a Ribeira está, relativamente, perto do centro da cidade. O percurso até a parte alta pode ser feito pelas ruelas, escadarias ou pelo funicular dos Guindais (se assim preferir, use o ticket do metro para pular a fila do guiché de compra).

A Ribeira é um dos bairros mais turísticos e emblemáticos para ficar no Porto, mas nem por isso o mais caro! Há hospedagens de caráter mais econômico como o Bluesock Hostels, Descobertas Boutique Hotel e o House Ribeira Porto Hotel, como também as mais luxuosas e temáticas como o 1872 River House.

🔎Veja mais de 40 hospedagens na Ribeira e faça a reserva agora mesmo!

 

6 – Vila Nova de Gaia: o bairro onde vê o Porto

Vila Nova de Gaia, conhecida como a cidade das Caves do Vinho do Porto, é uma das regiões mais convidativa de Portugal para conhecer caves seculares, provar os melhores vinhos do Porto e ver o Porto nas mais variadas perspectivas. A vista do Mosteiro da Serra do Pilar e do Jardim do Morro são as mais lindas, tanto de manhã cedo – ao nascer do sol – como ao final do dia – com o sol se pondo.

Apesar de ser outra cidade, Vila Nova de Gaia fica, literalmente, colada no Porto, pois fica do outro lado do rio. Já que a passagem, por cima ou por baixo, da ponte Dom Luís Primeiro é “obrigatória”, porque não se hospedar na cidade das caves?

Aqui, a hospedagem de referência é o The Yetman, um dos mais lindos e luxuosos hotéis e com uma vista de tirar o fôlego!

🔎
Veja mais de 480 hospedas em Vila Nova de Gaia e faça a reserva agora mesmo!

 

7 – Foz: onde o Rio Douro deságua no Oceano Atlântico

A Foz é um bairro para quem gosta ou simplesmente, não consegue viver longe do mar. Como o próprio nome indica, a Foz é onde se encontra a foz do Rio do Douro e onde deságua no Oceano Atlântico, ou seja, é ali que inicia a rota das Praias do Porto até as praias de Matosinhos.

Se além de visitar os monumentos históricos do Porto, deseja caminhar, andar de bicicleta ou patinete (trotinete em Portugal), surfar… e saborear os melhores peixes da gastronomia portuguesa, então… A Foz é o melhor bairro para ficar no Porto.

Apesar de não ter rede de metro que liga a Foz até a Baixa, o bairro está muito bem servido de ônibus e de elétrico, o que é perfeito para quem deseja passear pelo Porto a moda antiga.

🔎Veja mais de 80 hospedagens em Foz do Douro e faça a reserva agora mesmo!

 

Dicas práticas para escolher onde ficar no Porto

  • Existe uma taxa municipal turística de hospedagem no Porto que é cobrada no check in ou no check out. O valor é de 2€ por noite até ao valor máximo de 14€ (7 noites seguidas por dormida e por hóspede). Fique atento que os valores podem duplicar, de acordo com a época do ano!
  • Muitos edifícios antigos foram convertidos em hospedagens e por isso não possuem elevador. Se está com malas grandes, tem mobilidade reduzida ou viaja com carrinho de bebê, tenha atenção a este detalhe!
  • Antes de fazer a reserva, confirme se a hospedagem possui ar-condicionado ou ventilador para os dias quentes do verão, e aquecedor para o inverno.
  • Lembre-se que o Porto é uma cidade cascata: começa no alto e vai descendo até a beira do rio Douro e… tudo que desce, sobe. Preparado para exercitar às perna? Aposto que sim!
  • A Praça da Batalha está passando por um processo de revitalização, portanto ainda há alguns edifícios sem uso. Por conta disso, há alguns moradores de rua por ali. Mas fique tranquilo, pois não é perigoso!
  • Se estiver no Porto, reserve um dia para visitar a região do Douro com a Bago D’Uva! Use o código AQV10 para ganhar 10% de desconto e faça a reserva agora mesmo! Acredite: não vai se arrepender!

 

Onde procurar as hospedagens no Porto?

Há dois sites que são excelentes para ajudar a encontrar a hospedagem perfeita para ficar no Porto: o Booking e o Airbnb. Ambos permitem realizar a pesquisa de forma prática, através de vários filtros como as datas, localização, preço, quantidade e tipo de quarto, avaliação, etc, e a reserva de forma segura. Algumas opções de hospedagem até permitem o cancelamento gratuito, entre outros benefícios!

 

Gostou das dicas de viagem? Segue o @aquelesqueviajam no Instagram e no Facebook para viajar todos os dias e em realtime! 

Vai viajar? Organize a próxima viagem com as milhares de ideias e inspirações do @aquelesqueviajam no Pinterest! Faça pins e crie álbuns incríveis!

Quer viajar por Portugal com maior mobilidadeAlugue um carro na Rental Cars.

Lembre-se de reservar a hospedagem pelo Booking ou pelo Airbnb com 40 euros de desconto na primeira reserva! Faça a reserva agora mesmo!  

 

Já escolheu onde vai ficar no Porto? Me conta, vai! 😊

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

2 Comentários

  • Resposta Daniele Santos 29 de julho de 2019 at 11:39

    Quanto mais eu leio sobre Portugal mais tenho vontade de ir, amei o artigo.

  • Resposta Roberta 31 de julho de 2019 at 14:48

    Gostei desse blog, salvei até no meus favoritos em meu navegador.
    Número do luccas neto

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Adaptado por aquelesqueviajam.com