barcelos-centro-historico
Barcelos, Dicas, Europa, Portugal, Visitar

14 Dicas para visitar Barcelos

Visitar Barcelos pode gerar expectativas frustradas se for comparada a outras cidades do norte de Portugal. Há quem ande pelas ruas, ruelas e avenidas da cidade a procura de monumentos imponentes, tal como o Santuário do Bom Jesus, a Ponte Luís I e o Castelo dos Mouros… Aqui não encontrará nada do gênero, mas sim histórias, lendas e um charme peculiar, típico de uma cidade minhota.

barcelos-ponte-medievalVamos visitar Barcelos?

1 – Quinta feira é o melhor dia para visitar Barcelos. Semanalmente, no Campo da República acontece a famosa Feira de Barcelos. Uma tradicional feira que privilegia as produções agrícolas e artesanais como as louças de Barcelos, trabalhos em madeira, linhos e bordados e obviamente: o galo!

2 – A melhor forma de visitar Barcelos é a pé. Tudo, com exceção de algumas tasquinhas, estão nas proximidades do Centro Histórico.

3 –   “Bamos às Cruzes!” A Festa das Cruzes, que acontece todos os anos entre abril e maio é um misto de luz, cor e música. É uma festa popular minhota imperdível no norte de Portugal!

4 – De maio a junho acontece o Concurso Barcelos Floridos. As fachadas, varandas e sacadas das casas do Centro Histórico transformam-se em verdadeiros jardins.

5 – Em junho Barcelos recua no tempo e transforma-se em Barcelos Cidade Medieval.

6 – É completamente proibido visitar Barcelos sem provar o autêntico Galo Assado.

7 – Barcelos tem uma grande comunidade de artesões que atribui à cidade o título de Capital do Artesanato. A olaria, a madeira, o ferro e seus derivados, o bordado e a tecelagem, a cestaria e o vime ganharam relevância ao longo dos séculos tornando-se indissociável da história e da cultura da cidade. Programe-se para explorar a rota dos artesanatos de Barcelos! 

8 – O maior atrativo de Barcelos para as crianças é a Rota do Figurado. Um roteiro composto por 19 réplicas, em tamanho gigante, dos melhores personagens do tradicional Figurado de Barcelos. É diversão sem medida!

9 – Infelizmente não é possível fotografar e filmar o interior das igrejas de Barcelos. Observe cada detalhe e guarde-os na mente!

10 – Os museus em Barcelos são todos gratuitos. Há sempre lindas e curiosas exposições no Museu da Olaria, na Torre Medieval, na Azenha – Casa do Peregrino e na Câmara Municipal.

11 – Barcelos é uma referência de caminho de peregrinação para Santiago de Compostela e um Museu Vivo do Caminho a Santiago. Aqui vive-se intensamente uma tradição ligada à peregrinação compostelana através de vários espaços, como a Capela da Senhora da Ponte, junto a Ponte Medieval, onde há os bancos e pias de pedra para descanso dos peregrinos e o Paços dos Condes de Barcelos onde existe o Cruzeiro do Galo, o maior registro da lenda do “Galo de Barcelos”.

12 – Atravesse a Ponte Medieval e vá até Barcelinhos para ter uma vista incrível de Barcelos.

13 – O vinho verde é um dos mais notáveis vinhos portugueses. As suas curiosas características tornam-no único, leve, fresco, pouco calórico e delicadamente frutado. Em Barcelos também há o cultivo da vinha e a produção de vinho. Descubra-os! Visite as quintas, adegas e caves que se encontram nas proximidades de Barcelos.

14 – Os arredores de Barcelos são um verdadeiro refúgio para aqueles que amam estar em contato com a natureza. Trilhas, montes e o próprio Rio Cavádo proporcionam experiências relaxantes e de extrema aventura.

Salve este pin ❤

Visitar Barcelos

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

1 Comentário

  • Resposta ANTONIO ALVES AFONSO 13 de setembro de 2019 at 22:18

    Bom esforco! continue a procurar que Barcels e o seu extenso concelho tem muito mais para mostrar e contar,
    afinal 3.000 anos de historia e vida, deixa tracos que o tempo nao apaga.
    Parabens pela iniciativa, falar dos nossos , com entusiasmo , alimenta o nosso ego e convida a visita!
    Cumprimentos
    Afonso

  • Sou curiosa! Deixe um comentário:

    Adaptado por aquelesqueviajam.com