fbpx
Segovia: roteiro de um dia
Europa, Espanha, Madrid, Segóvia

Aqueles que viajam para Segóvia

Segóvia é uma pequena cidade espanhola, imersa em história e repleta de monumentos bem preservados – o que lhe rendeu o status de Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, em 1985. Sua herança cultural é consequência de uma mistura de três culturas diferentes que conviveram na cidade durante a época medieval: cristãos, mouros e judeus.

Ficou animado viajar para Segóvia? Veja um roteiro completo e… boa viagem 😀

Aqueduto Romano

Leia também:
20 Curiosidades sobre o Caminho de Santiago
Dicas para viajar para as Ilhas Cíes

 

Roteiro de um dia em Segóvia

Como chegar em Segóvia

SegóviaPara quem vai, a partir de Madrid, há quatro formas de chegar em Segóvia: através de um carro alugado (recomendado apenas para uma road trip pela Espanha), de trem (saída da estação Chamartin), de ônibus (saídas do intercambiador de autobuses de Moncloa) ou de excursão, organizadas por agências locais.

A distância entre Madrid e Segóvia é perfeita para uma viagem bate e volta. São cerca de 100 km, feitos em, aproximadamente, 1:00h – 1:20h. No entanto, antes de escolher a melhor forma de chegar em Segóvia, saiba que a estação de ônibus está localizada do lado do Aqueduto Romano! Mas, se a escolha for de trem, prepare-se para uma caminhada de, mais ou menos, 7 km.

A viagem para Segóvia, através de uma excursão, tem alguns benefícios como por exemplo, visita guiada, bilhetes com entrada prioritária nos principais monumentos e, ainda, a possibilidade de conciliar um tour com outra cidade. Para quem prefere comodidade, um bate e volta de Madrid, conciliando Segóvia e Ávila, é a melhor opção!

 

Como se locomover?

Em Segóvia, todos os monumentos são próximos uns dos outros. O uso de transporte é desnecessário. Aproveite para cainhar pela cidade e se perder entre as ruelas 😉

 

Quanto tempo ficar

Se o plano é conhecer as principais atrações, inclusive por dentro, um dia inteiro é suficiente. No entanto, se a ambição é maior e pretende conciliar a viagem para Segóvia juntamente com outra cidade, como por exemplo Avila, tente dedicar, pelo menos, metade do dia para explorar os principais monumentos turísticos.

 

O que visitar em Segóvia

1 – Aqueduto Romano

Aqueduto RomanoNão é á toa que o Aqueduto Romano é o principal cartão postal de Segóvia e um grande chamariz para visitar a cidade. Construído há mais de 2000 anos, por ordem do Imperador Domiciano, o aqueduto tinha como missão transportar água por gravidade da Serra de Guadarrama para dentro da cidade.

Aqueduto Romano: vista para a serraO aqueduto tem 28 metros de altura em seu ponto mais alto, mais de 15 km de extensão e 167 arcos feitos em pedra de gratino e, DETALHE: as pedras, presentes na sua construção, não estão unidas por nenhum tipo de argamassa. Elas se mantêm ligadas por um engenhoso equilíbrio de forças! 😱

Aqueduto Romano

2 – Plaza Mayor

Do Aqueduto Romano a caminho da Catedral, mesmo que não queira, vai tropeçar na Plaza Mayor. Cercada por vários prédios históricos como a prefeitura e o Teatro Juan Bravo, lojinhas turísticas, bares e restaurantes… a Plaza Mayor, como o próprio nome indica, é a maior praça da cidade e também a principal.

 

3 – Catedral de Santa Maria de Segóvia

Catedral de SegóviaImponente e elegante, a Catedral de Santa Maria de Segóvia, conhecida como Dama das Catedrais, foi a última catedral de estilo gótico construída na Espanha, entre os séculos XVI e XVIII, quando na maior parte da Europa se expandia a arquitetura renascentista.

A catedral possui 18 capelas, tumbas de figuras importantes na história da Espanha, museu, um claustro, uma sala capitular decorada com tapetes de origem medieval e uma torre com quase 90m de altura. É considerada uma das maiores de todo o país!

 

4 – Alcazar de Segóvia

Alcazar de SegóviaConstruído em formato de proa de navio, o Alcazar de Segóvia é tão bonito por dentro quanto por fora. Tanto que, seu estilo arquitetônico foi uma das inspirações de Walt Disney para desenhar o castelo da Bela Adormecida.

Ao longo dos anos, o Alcazar de Segóvia, teve 1001 utilidades. Foi fortaleza islâmica, Palácio Real, prisão do estado, Colégio Real de Artilharia, academia militar e palco do casamento de Isabel I com Fernando II de Aragão e da sua coroação como rainha de Castilla e León, em 1474.

Alcazar de SegóviaNo seu interior, é possível visitar os seus diversos ambientes: Sala del Palacio Viejo (Sala do Palácio Velho), Sala do Trono do Alcázar de Segóvia, Sala de la Chimenea (Sala da Chaminé), Sala de la Galera (sala da Galera), Sala de Reyes (Sala dos Reis), Museo de Real Colegio de Artillería (Museu do Real Colégio de Artilharia), entre outros.

Alcazar de SegóviaDo alto da torre João II, após subir 156 degraus, há uma vista incrível sobre a cidade de Segóvia, a serra de Guadarrama e as planícies de Castilla Y Léon. Prepare-se para belas fotos 😉

Alcazar de Segóvia

5 – Iglesia de la Veracruz

Iglesia de la VeracruzA igreja da Veracruz, no seu característico estilo românico, pode ser vista de quase todas as janelas do Alcazar de Segóvia. Para chegar até ela, há um caminho recentemente reabilitado e conhecido como “Cuesta de la Zorra”. Alguns minutos de caminhada até a parte baixa, ao pé do rio, e pronto… já está no bairro de San Marcos, nas proximidades da igreja.

 

6- Mirador Del Valle Del Eresma

SegoviaSobre o Mirador Del Valle Del Eresma… não há muito o que falar. A não ser sobre a sua localização estratégica, perfeita para fotografar a Catedral, o Alcázar e de Segóvia e toda a paisagem envolvente da cidade.

 

Gastronomia típica e onde comer

O Cochinillo, um leitão assado é o destaque da gastronomia típica de Segóvia. Sua carne macia e saborosa pode ser encontrada no disputadíssimo restaurante José Maria (faça a reserva com antecedência!) ou no restaurante Casa Duque, localizado entre o Aqueduto Romano e a Catedral.

Para outras experiências segovianas e até mesmo pratos judaicos, procure pelo El Fogón Sefardí e o La Cueva de San Esteban. Mas, se a fome é pouca vá de tapas no El Sitio 😉

Tanto em Segóvia como nas outras cidades espanholas, lembre-se da tradição da siesta! Programa-se com o horário do almoço, principalmente se deseja experimentar o Cochinillo!

 

Dicas e Informações:

– Segóvia, Avila e Toledo estão muito próximas de Madrid. Que tal conciliar todos esses destinos numa única viagem?

– Combine Segóvia com uma trilha pelo Parque Nacional Picos de Europa.

– Caminhe ao lado do aqueduto para ver como ele se transforma ao longo da cidade!

 

Animado para viajar para Segóvia? Me conta, vai! 😉

 

Gostou das dicas de viagem? Segue o @aquelesqueviajam no Instagram para viajar todos os dias e em realtime! 

Vai viajar? Organize a próxima viagem com as milhares de ideias e inspirações do @aquelesqueviajam no Pinterest!

Lembre-se de reservar a hospedagem pelo Booking ou pelo Airbnb com 41€ de desconto na primeira reserva!

 

A viagem para Segóvia foi realizada em parceria com a Musement. As opiniões são verdadeiras e baseadas numa experiência real.

Anterior Próximo

Aposto que também vai gostar de:

Seja o primeiro a comentar!

Sou curiosa! Deixe um comentário:

Adaptado por aquelesqueviajam.com